Notícia com Imparcialidade

Perfumazu "Leve essa essência com você"

domingo, 26 de junho de 2016

Absurdo: Médica é morta a tiros na Linha Vermelha

RIO DE JANEIRO - A médica Gisele Palhares Gouvêa, de 35 anos, foi baleada e morreu, por volta das 19h deste sábado, na Linha Vermelha. Ela estava sozinha em seu carro, um Land Rover, e teria sido vítima de uma tentativa de assalto, na altura da Pavuna.

A vítima foi atingida por ao menos um tiro na cabeça e chegou a ser levada para o hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, mas não resistiu.

Nas redes sociais, amigos da médica lamentam a tragédia. Ela era diretora da Clinica da Família de Vila de cava, em Nova Iguaçu. Um amigo de Gisele, que pediu para não ser identificado, disse no hospital na madrugada deste domingo que a família está em choque. Ela era casada com o cirurgião plástico Renato Palhares. Segundo o amigo, ela saiu do plantão, na clínica da família e ia para casa, na Barra da Tijuca.

— Ela era uma excelente diretora e uma pessoa maravilhosa. Todos os colegas gostavam dela. Infelizmente, é mais uma vítima da violência no nosso estado — disse o amigo.


Fonte: O GLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário