Notícia com Imparcialidade

Perfumazu "Leve essa essência com você"

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Ode a Chico Cardoso

Ode a Chico Cardoso
Por Poeta Júnior Vieira

  
Caiu lá do céu em um Caldeirão
E o Rio do Peixe aparou a queda [...]
Nem ouro nem prata; não trouxe moeda,
Mas trouxe um bornal de disposição
Esse seguidor do Rei do Baião
Seu Chico Cardoso, figura exemplar
Ao pisar na terra pensou em fundar [...]
Parque Cultural é a sua marca,
Tal qual Noé construindo a arca,
São dois timoneiros na terra e no mar!


E nesta metáfora seguida de rima,
Noé com seus bichos todo prazeroso,
E aqui na terra, Seu Chico Cardoso
Lutou, construiu essa Obra-prima
Vejo Gonzagão olhando de cima,
Noé aplaudindo só faz acenar
E Jesus dizendo: - não pode parar [...]
Defenda essa causa, grande advogado!
Você vem pro céu, mas deixe um legado
Que sirva de exemplo na terra e no mar!



Tu és um celeiro de verso e cultura,
De conhecimento, de garra e respeito
E o pouco ou muito que faz é bem feito,
De índole do bem, fiel criatura,
Falando a verdade não usa candura
E nem é fingido quando vai julgar,
Convida a verdade se for condenar
Porque Deus do céu é o seu Juiz,
E Chico Cardoso é homem feliz
Vencendo as marolas da terra e do mar!



O juízo dele é água do pote [...]
É doido varrido, pinel, um maluco!
Queria um assim no meu Pernambuco;
Sonhador; Guevara, Maomé, Quixote,
Letrado, sabido e cheio de dote
Que inventa as coisas sem pestanejar;
Não quer nem saber o que é que vai dar,
Prepara o projeto e acunha no mundo [...]
Eu acho Seu Chico Cardoso oriundo
De outro planeta sem terra e sem mar!


Poeta Júnior Vieira. Poeta popular pernambucano.


FONTE:  VIEIRA JÚNIOR, Poeta. Ode a Chico Cardoso. In: CARDOSO, Francisco Alves. O Encontro dos Parques: Parque Cultural O Rei do Baião – Parque Asa Branca. Cajazeiras – PB: Gráfica Dominante, 2015. P. 11-12.



Nenhum comentário:

Postar um comentário