Notícia com Imparcialidade

Perfumazu "Leve essa essência com você"

terça-feira, 8 de maio de 2012

8 de maio é o Dia Mundial em memória dos que morreram durante a Segunda Guerra Mundial


Entenda a Segunda Guerra Mundial


Este é de fato um dos temas de maior produção textual, de filmes, pesquisas e debates nas rodas da História, e não era para menos. A Segunda Guerra Mundial foi a maior tragédia humana já vivida. Este texto é elaborado no intuito de facilitar a visão sobre uma abundância de acontecimentos antes, durante e depois da Segunda Grande Guerra.
Durante, mas principalmente no fim da Primeira Guerra Mundial, nós identificamos a ascensão de uma grande potência mundial, a Anglo-Americana. Caminhando de mãos dadas a partir daí, estão os Estados Unidos da América e a Inglaterra (não tão majestosa como em outros períodos). Com o fim da guerra, encontramos também uma Europa devastada, mas nada se compara a Alemanha, culpada, humilhada e condenada a pagar por todo o prejuízo.



Não tão contente também estava a Itália, que apesar de ter mudado de lado durante a guerra, terminou vencedora, mas sem recompensa alguma. Não podemos esquecer-nos da grande Rússia que passava por uma profunda revolução e experimentava uma nova forma de governar, os proletários e comunismo.
A França, como anfitriã da reunião dos vencedores em Versalhes, garantiu para si a região da Alsácia-Lorena.  O Tratado de Versalhes definiu também a criação de uma instituição para manter toda essa ‘harmonia’ – A Liga Das Nações (que jamais atingiria seu objetivo).
Entre as causas que provocaram a Segunda Guerra Mundial, podemos citar: a nova politica de alianças; os choques ideológicos entre fascismo, nazismo bolchevismo; o inconformismo da Alemanha diante da imposição do Tratado de Versalhes; imperialismo econômico; novo militarismo e armamentismo e a crise econômica de 1929.


A guerra teve início com a invasão da Polônia pelos Alemães em 1 de Setembro de 1939, que provocou a entrada da França e da Inglaterra no conflito.  Os alemães invadiram a Holanda e a Bélgica e atingiram o norte da França, onde obrigaram as tropas inglesas a bater em retirada, em Dunquerque. Os franceses esperavam o ataque alemão na ‘linha Maginot’, que foi contornada pelos inimigos. O general francês Charles De Gaulle, organizou a resistência e Londres.  Em Vichy, o marechal Pétain ficou a frente de um governo considerado ‘colaboracionista’ dos alemães. Dominada a França, Hitler desfechou o ataque aéreo à Inglaterra.

Maginot’, que foi contornada pelos inimigos. O general francês Charles De Gaulle, organizou a resistência e Londres.  Em Vichy, o marechal Pétain ficou a frente de um governo considerado ‘colaboracionista’ dos alemães. Dominada a França, Hitler desfechou o ataque aéreo à Inglaterra.

A resistência inglesa, sob a liderança de Winston Churchill concentrava seu programa na ‘vitória a todo custo’. Londres foi bombardeada. A Inglaterra resistiu e a a R.A.F (Real Força Aérea) teve destacado papel nos contra ataques.
Em junho de 1941, a Alemanha nazista invade a URSS. O avanço das tropas alemãs em território russo só é interrompido em 1943, na Batalha de Stalingrado, quando uma contra-ofensiva muda o curso da II Guerra Mundial. Em 1945, a URSS emerge como a segunda maior potência do mundo, submetendo a seu controle todo o Leste Europeu. A economia, no entanto, está arruinada.
Apesar de ter tido 20 milhões de soviéticos mortos, a vitoriosa Rússia emergiu do conflito como segunda potência mundial. Colocou sob seu domínio, a ferro e fogo, os países do Leste Europeu.

Os EUA não queriam entrar diretamente na guerra e adotaram uma política de isolamento e neutralidade, desde o fim da Primeira Guerra Mundial. O presidente Roosevelt solicitou do Congresso a aprovação da ‘lei de empréstimos e arrendamento’ que autorizava a concessão de ajuda material aos aliados contra os nazistas, quando as vitórias dos alemães constituíssem uma ameaça.  No entanto, em 7 de dezembro de 1941, de surpresa, os japoneses, interessados no domínio asiático, atacaram a esquadra americana ancorada em Pearl Harbor, na Ilha do Havaí. Teve início a ‘Guerra do Pacífico’. Em agosto de 1945, os EUA lançaram bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki. No dia 15 de agosto, o Japão rendeu-se incondicionalmente.

Resumidamente podemos dizer que ocorrerá entre 1939 e 1945 o enfrentamento dos Aliados contra o Eixo.
 Os Aliados foram formados pela  União Soviética, os Estados Unidos e o Império Britânico que eram as principais forças. Também somavam forças a China, a Polônia e a França antes da sua queda e após a Operação Tocha, e o Brasil, que foi o único país latino-americano a enviar tropas para os campos de batalha europeus.
As Potências do Eixo eram formadas pela Alemanha, a Itália e o Japão, seus membros se referiam a ele como "Eixo Roma-Berlim-Tóquio". Além destas três nações principais, faziam parte outras menores.

A guerra terminará após o desembarque dos Aliados no Norte da África, na Itália e na Normandia, somado a derrota dos alemães na Rússia e a rendição da Itália. A Alemanha capitulou. O armistício foi firmado no dia 7 de maio de 1945.
A Segunda Guerra Mundial teve inúmeras consequências, no entanto destaca-se o seguinte: divisão do mundo em dois blocos (socialista e democrático); divisão da Alemanha; decadência dos regimes totalitários; emancipação das colônias africanas; grande número de mortos por meio de execuções, assassinatos, fome, doenças (mais de 50 milhões diretamente); uso de armas nucleares, crise econômica, desemprego, agitação social em todo o mundo.


Fonte: Blog Agentes da História

Nenhum comentário:

Postar um comentário